Pão e Diabetes não combinam | TVSANTACRUZ.com Para Smart TV, PC e Mobiles

Combate ao diabetes: entenda a relação entre o consumo de trigo e a resistência à insulina No Brasil, cresce a cada ano o número de pacientes com diabetes. Conforme indica pesquisa realizada pelo Ministério da Saúde, atualmente 13 milhões de pessoas tê...

diabetes, glicemia, hipertensão, nutrição, cardiologia, endocrinologistas, glicose, rim, empagliflozina, inibidor, sglt2, pancreas, trigo, pãp

Pão e Diabetes não combinam

Publicado por: tvsc
08/04/2016 12:13:49

Combate ao diabetes: entenda a relação entre o consumo de trigo e a resistência à insulina


No Brasil, cresce a cada ano o número de pacientes com diabetes. Conforme indica pesquisa realizada pelo Ministério da Saúde, atualmente 13 milhões de pessoas têm diabetes e sofrem com as complicações da doença. Acompanhando estes índices, o excesso de peso e obesidade também alcançam patamares alarmantes mundialmente.

 

Além dos hábitos de vida e fatores genéticos, o que poucas pessoas sabem é que a alimentação desempenha um papel significativo tanto para reverter o sobrepeso, quanto para tratar e prevenir o diabetes. Em estudo publicado pelo Grupo Finlandês de Prevenção do Diabetes, pesquisadores demonstraram que a instalação do diabetes no adulto pode ser retardada, ou até mesmo evitada, através de mudanças alimentares e aumento de atividade física.

 

Especialistas explicam que o consumo excessivo de carboidratos e industrializados e a gradativa redução de gorduras saudáveis, verduras e frutas do cardápio são alguns dos principais equívocos. Os produtos derivados do trigo, segundo pesquisadores, são repletos de um açúcar chamado amilopectina, que eleva a glicose no sangue mais do que o açúcar comum. Essas elevações do açúcar no sangue, com o passar do tempo, levam a resistência à insulina, condição inflamatória que predispõe a doenças como obesidade, diabetes tipo 2, pressão alta e triglicerídeos elevados.

 

Para o Presidente do Instituto Nacional de Estudos da Obesidade e Doenças Crônicas (INEODOC), o médico Patrick Rocha, a abordagem atual da medicina e nutrição para o diabético é muito problemática, pois foca no diagnóstico (exames) e no tratamento medicamentoso, e ignora os estudos e evidências científicas mais atuais. Segundo ele, o aspecto mais importante, tanto para a prevenção, quanto para o tratamento da doença é a alimentação.

 

"Pratica-se no Brasil uma alimentação de cinco décadas de atraso, com falta de orientação as pessoas sobre todos os aspectos que envolvem a saúde do diabético e pré-diabético, e não se trata apenas de medicamentos, mas também de uma educação alimentar. Muitos pacientes tem seus casos agravados, por falta de informação, o que os leva a aumentar cada vez mais a dosagem das medicações e a sofrer de diversas complicações", destaca Dr. Patrick Rocha.

 

De acordo com a Associação de Diabetes Juvenil são cerca de um milhão de crianças diabéticas no Brasil, e provavelmente, muito mais, pois há uma epidemia de sobrepeso e obesidade em crianças e isso tem aumentado muito o número de caso de crianças diabéticas tipo 2. É importante lembrar que até alguns anos atrás, crianças e adolescentes apresentavam apenas Diabetes tipo 1. Agora temos os dois tipos de diabetes nas crianças e adolescentes.

 

Segundo Dr.Rocha, os primeiros passos para quem deseja abandonar o consumo de trigo e não é diabético pode começar usando a tapioca (massa fina) no lugar do trigo. Mas o ideal é retirar tudo que houver trigo e focar nas gorduras saudáveis e proteínas de alto valor biológico (ovos, óleo de coco, carnes de animais que pastam, abacate, etc). "Os carboidratos fibrosos também são importantes para a saúde, como as hortaliças em geral. As omeletes recheadas de queijo, carne, brócolis e outros legumes são uma excelente opção", completa o médico.

 

Saiba mais: O médico Patrick Rocha (CRM-CE 8561) é palestrante, pesquisador e apaixonado por saúde e nutrição. Dr. Rocha é Presidente do Instituto Nacional de Estudos da Obesidade e Doenças Crônicas (INEODOC) e autor dos treinamentos "Emagreça com o Dr Rocha" e "Programa Diabetes Controlada".
Visite o site: www.drrocha.com.br


Comentários